Devaneios

Sonhos lunáticos

Apetite voraz

Crítica latente

Argumentos contundentes

Acima da moral

Abaixo do mal

Com gosto de tentação

Quase uma possessão

Som, sensação, concentração…

O inconsciente domina e manipula

Algo bom e sem censura

Pensar “não”, dizer “sim”

Obedecer aos instintos

Sem querer eu consinto

Mais do mesmo

Vício que desobedece ao tédio

O fruto da minha imaginação é o meu remédio

Quando eu acordar isso vai acabar

Então permaneço no meu sono profundo

E, sem querer, desafio o mundo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: